Jovens do Mirim participam de seminário na Argentina sobre incidência política

0

Quatro jovens do Mirim Brasil  participaram em dezembro de 2017 de um seminário em Buenos Aires, na capital da Argentina, sobre incidência em políticas públicas. O evento foi realizado pelo FLACJ (Foro Latinoamericano y Caribeño de Juventudes), do qual o Mirim faz parte, em parceria com o Conselho de Juventude da Espanha.

Ao longo de cinco dias, cerca de 30 jovens do Mirim e de organizações de outros cinco países da Europa e da América Latina estiveram envolvidos e envolvidas em oficinas, rodas de conversa, palestras e troca de experiências sobre participação juvenil e incidência política.

Fotos: Facundo Nolasco/APDENA

O evento reuniu representantes de seis entidades: Consejo de la Juventud de España, APDENA (Asociación para la Promoción de los Derechos del Niño y el Adolescente (Argentina), Mirim Brasil, Grupo Génesis Panamá Positivo, Cauce Ciudadano Asociación Civil (México) e Conselho Nacional de Juventude (Portugal).

O Mirim foi representado no seminário pelos jovens militantes Marina Brasiliano, de 18 anos, Caetano Azevedo, de 20 anos, Filipe Antonio Araújo, 25 anos, e Fabiana Maranhão, 33 anos.

“Foi bastante gratificante a oportunidade de estar num ambiente de troca de experiências e de conhecimento, além de cultivo da esperança por mudanças do atual cenário político em função da juventude na América Latina”, resume Caetano.

Projeto AYNI

O seminário foi uma das atividades realizadas como parte do Projeto AYNI, uma parceria entre o FLACJ e Conselho de Juventude da Espanha, que tem como objetivo impulsionar a participação de jovens da América Latina no processo de tomada de decisão e incidência em políticas públicas.

O projeto teve início em julho de 2017, terá duração de um ano e foi idealizado para promover a cooperação entre Europa e América Latina no compartilhamento de boas práticas, aprofundamento de conhecimentos e qualificação de organizações juvenis no desenvolvimento de um trabalho mais efetivo no âmbitos local, regional e internacional.

O projeto prevê o lançamento no primeiro semestre de 2018 de uma plataforma virtual de educação focada em participação juvenil e incidência em políticas públicas.  

Foto: Fabi Maranhão/Mirim Brasil

Share.

About Author

Foto de perfil de Fabi Maranhão

Jornalista-militante, feminista e vegana.

Leave A Reply

Pular para a barra de ferramentas