share

COMPARTILHAR

17 de May de 2019

#Educação

MIRIM Brasil e Fundo Malala dialogam com estudantes do Recife

As representantes do Fundo Malala, organização parceria do MIRIM Brasil, a estadunidense Leila Seradj e a brasileira Maíra Martins estiveram no Recife esta semana e conheceram uma das atividades desenvolvidas pelo MIRIM. 

Elas estiveram na Escola Barão de Bonito, no bairro de Areias, na zona oeste da cidade. Lá, 40 alunos e alunas participaram de um mapa afetivo da educação, no qual contaram sobre a relação que têm com a escola e sobre o que gostam e o que não gostam nela.

Para Barbarela Lourdes Machado Lopes, de 13 anos, que participou da atividade, a ideia trouxe uma interação que ela considera fundamental.  "Eu acho que a educação pode mudar minha vida. Gosto de  aulas interessantes como essa que estou tendo. Gosto de jogos de matemática e apresentações". 


Barbarela, de 13 anos, explica sobre sua relação com a escola

A adolescente fala com carinho dos professores e do ambiente escolar. "Nossa professora abre nossos olhos. Não só para estudo, mas para a vida também. Na escola, sinto que posso ser eu mesma. É a minha segunda casa".

Barbarela sonha em estudar música em um futuro próximo e gostaria que seus pais se orgulhassem dela. "Tenho cinco ou seis irmãos, não sei direito, porque apenas um mora comigo. Além dele, na minha casa estão meu padrasto e minha mãe. Sinto falta dela. Ela sai de casa cedo, às 4h", lamenta.