share

COMPARTILHAR

10 de July de 2018

#Educação

Mirim Brasil recebe apoio da Fundação Malala

O Mirim Brasil e o Fundo Malala agora são parceiros na luta por uma educação pública de qualidade para meninas. O anúncio foi feito nesta terça-feira (10) por Malala Yousafzai, de 21 anos, a jovem paquistanesa Nobel da Paz, durante sua viagem ao Brasil. Foi a primeira vez que Malala visitou o país.

Com o apoio do Fundo Malala, o Mirim Brasil vai desenvolver um projeto ao longo de três anos com o foco na permanência no Ensino Médio de meninas, principalmente negras, quilombolas e indígenas, além de mobilização e formação para que elas atuem na construção de políticas públicas em educação em Pernambuco.

A iniciativa também inclui a coordenação, junto às meninas, de campanhas e atividades de sensibilização da população em geral em relação à construção de uma perspectiva feminista para a educação.

Em 2012, quando ainda era adolescente, Malala foi vítima de um atentado talibã (movimento fundamentalista islâmico) por defender a educação de meninas. Por determinação do grupo que dominava à época a região onde a jovem morava, meninas, adolescentes e mulheres eram proibidas de frequentar a escola. Em 2014, Malala se tornou a mais jovem ganhadora de um prêmio Nobel da Paz.


Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil